Como criar uma landing page perfeita pra ter a melhor conversão possível

Landing Page

Uma landing page possui um propósito único, o propósito de vender. Para auxiliar neste propósito há algumas regras que devem ser seguidas quando você cria uma landing page. Para te ajudar com isso, resolvi escrever este artigo.

A chave para uma landing page de sucesso é a simplicidade e objetividade.

O que é uma landing page?

Antes de entrarmos nos detalhes de como obter uma landing page perfeita, vamos ver um pouco sobre a definição de uma landing page.

Uma landing page é uma página específica criada para atrair visitantes através de uma campanha com um objetivo também específico, seja financeiro ou geração de ativos.

Tudo dentro de uma landing page precisa ser voltado ao objetivo principal.

Headlines, textos, imagens, vídeos e CTAs, todos apontando em uma mesma direção que é para onde o visitante deve ir.

Seja para uma compra ou para um cadastro.

Nada dentro de uma landing page pode distrair o visitante deste caminho, por isso é importante seguir algumas regras para prevenir a perda de conversões.

O que uma landing page precisa ter

Alem de itens esseciais de informação é necessário que a sua landing page contenha também alguns elementos que podem afetar o desempenho dos seus anúncios no Facebook Ads e também no Adwords, por isso é importante ficar atento a todas as regras além das necessidades de criar uma boa arquitetura informacional para obter boas conversões.

Recomendo também a leitura desse artigo sobre Facebook Ads vs Adwords, para entender melhor quando escolher um ou outro para a sua campanha.

Logo

É importante que a sua landing page contenha a sua logo, pois o visitante que veio através do seu anúncio, pode ainda não conhecer a sua empresa.

Se ele se cadastra e de repente começa a receber emails seus, ele pode achar que é spam, por isso o nome da sua empresa, ou seu nome deve estar explícito na landing page assim como em todas as suas páginas.

Headline (Título) relacionada

A headline da sua landing page precisa ter relação estreita com a sua oferta.

Ela precisa oferecer uma conexão clara com a linguagem usada no anúncio que trouxe o visitante até você.

Isso fará com que o visitante saiba que chegou na página certa, não causando bounce para sua landing page.

Sub Headline (Subtitulo)

O sutitulo é opcional, no entanto é uma ótima forma de você reforçar a sua oferta com um pouco mais de detalhes.

Imagem do produto

A presença da imagem do produto na sua landinga page é indispensável.

Sabemos que as pessoas, e até nós mesmos, compramos com os olhos primeiro, depois com a razão.

Mesmo que seu produto seja um produto virtual, é importante você criar uma mockup para representar ele visualmente.

Assim o visitante consegue imaginá-lo como algo palpável, mesmo que não seja de fato.

No caso de ser uma página de consultoria, você pode usar uma foto sua, ou de uma pessoa amigável que represente a prestação do serviço.

Video

Em muitos casos é recomendado o uso de vídeos para vender um produto.

Por exemplo, se você está vendendo um curso online, é interessante que você se apresente para seu aluno em potencial, assim ele já vai se sentindo confortável com o professor.

Além do mais, assistir a um video é muito mais interessante que percorrer lendo uma página cheia de informações.

Você não precisa necessariamente aparecer no vídeo, mas é comprovado que mesmo um vídeo criado com slides onde vc se apresenta com uma foto e lê os slides é bem mais atrativo que simples textos informacionais na sua landing page.

Veja, que o vídeo não dispensa as informações, elas devem estar na página de qualquer maneira, pois além de ajudar com o índice de qualidade do seu anúncio no adwords, por exemplo, também será um recurso para pessoas que no momento não estejam em posição de poder ver e ouvir um vídeo.

Carta de vendas (copy)

A sua landing page precisa ir direto ao ponto, entregar de forma mais objetiva possível toda a informação importante que valorize a sua oferta.

Para isso você precisa escrever a copy da carta de vendas antes de começar a criar a sua página.

Você pode usar a regra de problema-solução para escrever a sua copy, que se baseia em falar do problema que seu visitante está passando e que você tem a solução para isso.

Faça isso em forma de listas e blocos curtos de informação, lembre-se: objetividade é o foco aqui.

Prova Social

A prova social é uma forma de persuadir o visitante de que ele deve comprar pois outros já compraram.

Robert Cialdini diz que:

A prova social é a tendência de ver uma ação como mais apropriada quando outros estão fazendo.

Quando um visitante está em sua página ele está pensando… “Será que eu devo ler/assistir/ouvir/comprar isto?”, “Isso vale meu dinheiro e tempo?”.

A prova social será um elemento forte na tomada de descisão dos visitantes que estão querendo comprar mas ainda tem dúvidas com relação a confiabilidade do seu produto ou serviço.

Algumas formas de prova social são:

  • Testemunhos de clientes satisfeitos
  • Posts nas mídias sociais sobre seu produto
  • Logos de empresas que são seus clientes
  • Selos de confiabilidade
  • Menções nas mídias sociais e outros websites
  • Números: downloads, clientes satisfeitos, compartilhamentos, etc.

Formulário de cadastro

A não ser que a sua landing page seja uma página de vendas direta, onde o visitante clica para comprar imediatamente, você pode querer que o visitante cadastre seus dados, seja para aplicar para um teste do seu produto como uma versão trial, ou seja para aplicar para um programa de consultoria.

No entanto é recomendado fortemente que você utilize um mínimo possível de campos em seu formulário.

Também recomendo que seu formulário fique escondido atrás de um botão, assim quando o visitante clicar abrirá uma janela modal com o formulário.

Calls-to-action (CTA)

Calls-to-action ou chamadas para a ação, são botões que solicitam ao visitante tomar uma ação, como o próprio nome já diz.

Esta ação é clicar no botão para obter algo.

Exemplo: Compre agora, Faça o download, etc.

Seu botão deve combinar design e boas práticas de copywriting para que possam obter um bom desempenho.

Isso significa que se você usar a cor errada no seu botão, ele pode simplesmente reduzir a sua conversão a ZERO.

Sua copy deve ser clara e específica com relação a ação a ser tomada ou objetivo a ser atingido.

Aqui vão algumas dicas para um bom CTA:

  • Use palavras de ação que sugerem valor. Ex: Clique aqui, baixe, faça o download.
  • Crie contraste. Não se preocupe com a paleta de cores da sua landing page nesta hora, botões que se destacam não podem ser ignorados. Na dúvida, faça testes A/B com cores.
  • Seja preciso. Use CTAs com até 4 palavras.
  • Use palavras de urgência como “agora” ou “hoje”.
  • Se a sua oferta é gratuita então diga “Grátis”.

Garantia

Dar uma garantia para seu visitante é como dar a ele a opção de comprar com mais tranquilidade, pois se o produto não for o que ele esperava, é só devolver.

Isso dá a impressão que você tira o risco dele e coloca em seus próprios ombros.

Rodapé

O rodapé ideal contém o seu copyright, e links para as páginas de “Política de Privacidade”, “Termos e Condições” e “Contato”.

Estes links servem para que a sua página seja bem vista não só por mecanismos de busca mas também pelas plataformas de publicidade.

Você pode até ser penalizado pelo Facebook Ads caso não tenha dados de privacidade em suas páginas, isso faz parte da política de publicidade do Facebook, leia mais aqui.

O que ela NÃO pode ter

Navegação

Sabe aquele menu superior que tem em seu blog?

Ele não pode estar na landing page, afinal você não quer que seu visitante se distraia com outras opções de navegação.

Dar a ele a opção de navegar é dar a opção de sair da sua página de vendas, que é exatamente o que não queremos que aconteça aqui.

A única coisa que queremos dele nesta página é que ele diga sim a nossa oferta clicando em nosso botão.

No entanto… é importante ressaltar que isso se refere a navegação de topo do website.

Como dito antes é indicado sempre te uma navegação discreta em seu rodapé com links para “Política de Privacidade”, “Termos e condições” e “Contato”.

Conclusão…

Como você pode ver, existem muitas recomendações para uma boa landing page e para você ter uma boa taxa de conversão é importante seguir estas recomendações ao pé da letra.

Outra coisa importante a deixar claro aqui é que tenha sempre a sua CTA e as informações mais relevantes logo na tela que o visitante vê quando entra na sua landing page, esta tela chamados de espaço “acima da dobra”.

Isso é importante pois se o visitante chega a sua página e já não vê algo que o atraia ou que tenha relação com o que ele veio procurar, ele não vai se dar o trabalho de rolar a página para baixo da dobra.

Você tem cerca de 3 segundos para capturar a atenção e conseguir manter o visitante interessado.

Quando comecei a trabalhar com marketing, lembro que falávamos que o tempo de captura de atenção do ‘telespectador’ era de 5 segundos, e hoje estamos em 3, então se prepare, pois a velocidade do mundo está mudando e nós temos que aprimorar nossas habilidades de comunicação para conseguir ter bons resultados.

Bom, espero que este artigo tenha te ajudado a entender os fatores mais importantes de uma landing page.

Qualquer dúvida ou sugestão, compartilhe com a gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.