7 Dicas Para Você Vender Produtos Online Através das Mídias Sociais

vender online

Você já parou para pensar que seu público pode estar muito mais acessível do que você imagina? E se você puder encontrar ele, entendê-lo e vender produtos online para ele? Você pode, veja as nossas dicas.

Por incrível que pareça, muitas pessoas como você, que gostariam de aumentar as suas vendas,  começar a vender produtos online ou serviços, ainda não se deram conta de que seu público ideal está bem pertinho, a um clique de distância espalhados pelas redes sociais simplesmente porque elas não conhecem o básico sobre como vender produtos online.

Se você chegou aqui sabendo desse potencial, parabéns! Porque você já está à frente de muitas pessoas que sequer consideraram ou sequer conhecem o potencial de vender produtos online.

Seja seu produto físico ou virtual, produto é produto e há mercado para todos os tipos deles bem aqui no mundo virtual.

Para te ajudar com essa tarefa de aumentar as suas vendas, ou começar a vender produtos online, eu separei aqui 7 dicas muito relevantes que você precisa saber para começar a vender com a ajuda das mídias sociais.

1 – Conheça o público para qual você quer vender produtos online

Antes de mais nada, e você ainda vai ver muito disso por aqui, é importante você conhecer o seu público alvo.

Esta dica pode parecer meio batida, mas acredite em mim, ela é fundamental. Porque qualquer ação que você realizar online, seja nas mídias sociais ou em qualquer lugar, você precisará ter em mente o seu público alvo.

Pense que tudo deverá girar ao redor dele, isso mesmo, ele será o centro do seu universo de agora em diante. Todas as suas estratégias para vender produtos online precisarão ser baseadas no que ele precisa, em como ele pensa, na etapa em que ele se encontra na Jornada do Comprador, e finalmente, os locais onde você pode encontrá-lo.

Para conhecer o seu público alvo, crie um perfil com base no que você já conhece sobre ele. Este perfil deve conter no mínimo os seguintes dados:

  • Nome – Defina um nome para o seu cliente ideal, assim será mais fácil pensar nele como uma pessoa real.
  • Idade – Qual a fixa etária do seu público.
  • Sexo – Se o seu publico é uma maioria de 70% do sexo masculino, por exemplo, é importante que você foque suas estratégias para este perfil.
  • Qual o emprego que ele tem – É funcionário publico? rede privada? desempregado? Empreendedor? Empresário?
  • Quais os meios de comunicação e informação que ele costuma usar no dia a dia – isso vai ajudar você a descobrir quais mídias utilizar para relacionar com ele.
  • Qual o objetivo dele com relação ao seu produto – isso te ajuda a melhorar a oferta do seu produto, focando em corresponder as expectativas do seu cliente.
  • O que está impedindo ele de atingir este objetivo – Isto serve para você definir como ajudá-lo com seu produto.
  • O que impede ele de comprar seu produto – definir isso te ajuda a conhecer as objeções dele, e conhecendo as objeções você pode trabalhar em favor de saná-las.

Estes são alguns pontos que você precisa definir para conhecer melhor o seu publico alvo. Com base nas respostas para estas perguntas você conseguirá definir estratégias que resolvam o problema do seu publico.

Um bom produto nada mais é que uma solução para um problema.

2 – Encontre a rede social mais relevante

Quando falamos em redes sociais, qual rede social vem em primeiro lugar na sua mente? Facebook? Instagram? Twitter?

Naturalmente cada um de nós tem em mente pelo menos uma rede social quase personificada que é a que nós usamos com maior frequência.

Esta é a rede social mais importante para nós, que geralmente melhor supre os nossos interesses.

Seria esta a rede social ideal para você encontrar seus cliente?

Nem sempre.

Pense que o seu objetivo pode não ser, e muitas das vezes não é, o mesmo do seu publico alvo. Não é porque você prefere a rede social x que o seu cliente também prefira e esteja engajando por lá.

É muito importante saber dividir o que é importante para você e o que é importante para seu público.

Eu diria que este é um ponto crucial e que é a diferença entre o seu sucesso ou seu total fracasso nas suas ações para vender produtos online.

No tópico 1, nós falamos do seu público alvo, agora você já sabe quem ele é, então use estas informações para saber qual a melhor rede social para encontrá-lo.

Lembre-se, estas informações sobre o seu público alvo não são criadas do nada, você deve criá-las com base no conhecimento que você já possui sobre ele.

Colleen Francis, um expert em vendas online disse à Forbes o seguinte:

“O Facebook é uma das melhores arenas para vendas de empresas para consumidores …”

E de fato o é. Eu mesma sempre recomendo aos meus clientes que comecem pelo Facebook, mas nunca antes de analisar o seu público alvo.

Dificilmente seu público não vai estar no Facebook devido ao grande numero de usuários.

Mas existem casos e casos, por isso analise com cuidado o seu público para certificar-se de que seu investimento em ações de vendas no Facebook não seja desperdiçado e você acabe investindo em dar um belo tiro no pé.

3 – Compartilhe conteúdo relevante

Agora que você já sabe em qual rede social encontrar o seu público, é importante atraí-los para você.

Acredite, apenas criar uma página no Facebook ou um perfil em uma rede social não vai atrair pessoas apaixonadas por você sem nenhuma ação.

É importante que você tenha valor a entregar a elas. Sempre entregue valor antes de pedir qualquer coisa.

Entregar valor se resume a produzir soluções e entregar às pessoas de graça através do seu perfil de rede social. Isso vai atrair as pessoas que vão se interessar em te seguir e se tornar seu fã.

O que elas querem é resolver os problemas delas. Se você mostra que pode e tem interesse em ajudá-las, sem pedir nada em troca, elas vão atrás de você e querer mais do que você tem a oferecer até o ponto de quererem pagar por isso.

Estas soluções você pode entregar de várias formas, em forma de post de blog, em forma de imagem, em forma de vídeo. A maioria das redes sociais aceita todos estes formatos.

Vale ressaltar que imagens e vídeos são muito mais atraentes e geram bem mais engajamento do que postagens contendo somente texto.

4 – Engaje e Construa relacionamento

Quando você começar a ajudar as pessoas através do seu conteúdo no seu perfil de rede social, as pessoas vão começar a se interessar e engajar.

O que é engajar? É interagir em suas postagens.

As pessoas vão começar a comentar, curtir e se você estiver indo bem… elas vão compartilhar.

O compartilhamento é o principal gatilho para o crescimento exponencial da sua comunidade nas redes sociais, então se seus conteúdos forem muito bons, bons o suficiente para as pessoas quererem passar para os amigos, então você vai crescer e vender muito mais rápido.

Esse engajamento precisa ser observado, e quando você receber perguntas, responda.

Responder os seus clientes em potencial é relacionar nas mídias sociais. Essa proximidade gera confiança. É isso que você precisa para poder vender para elas.

Sempre tenha em mente que deverá fazer parte da sua agenda diária um compromisso chamado “engajar”.

Todos os dias de manhã quando você checa seus e-mails e lê as notícias do dia, você precisará juntar a isso a atividade de engajar com seu público alvo.

Digamos que você use o Facebook, nesse caso, verifique a caixa de mensagens da sua Fanpage e responda as mensagens que tiver recebido, se forem muitas responda só as pertinentes, nem sempre você vai receber perguntas que merecem resposta.

Verifique também os comentários nos seus posts do dia anterior, pois muitas pessoas vão demonstrar seus interesses lá, e isso vai te ajudar a conhecer melhor o seu público. Responda a comentários que forem pertinentes a uma resposta.

5 – Tenha uma página de vendas

É muito importante que você não use seu perfil social para postar produtos e preços. Isso faz com que novas pessoas que chegam a sua página a vejam como uma página de vendas e não uma página interessante de seguir para receber ajuda e informações sobre seus problemas.

Para resolver a questão de vendas, eu recomendo fortemente que você tenha uma página de vendas do seu produto.

Na verdade, eu recomendo um Funil de Vendas completo, mas hoje vamos ser mais práticos. Em outro artigo eu vou entrar mais a fundo no funil de vendas.

Direcionando o seu público para esta página de vendas, você ganha uma chance de vender muito maior que apenas um post na sua fanpage.

Nesta página de vendas você pode ter vídeos e uma carta de vendas super poderosa, além de poder adicionar testemunhos de clientes satisfeitos o que funciona como uma prova social para a venda do seu produto online.

6 – Tenha um blog para entregar conteúdo de valor

Infelizmente o blog ainda não é visto como a ferramenta essencial pelas empresas como ele realmente é.

Foi-se o tempo em que ‘blogar’ era sinônimo de ter um diário pessoal online, coisa de adolescente.

Hoje o blog é uma ferramenta extremamente poderosa e indispensável para a criação de uma presença online para qualquer empresa que queira realizar negócios online.

Um blog, vai atrair o seu público de forma orgânica, ou seja, através das pesquisas nos mecanismos de busca; e este publico que é atraído desta forma tem um grande potencial para se tornar um cliente, simplesmente porque ele está em busca da solução que você tem para ele.

Com um blog, ele vem até você, sem que você precise gastar um tostão, apenas seu tempo na criação de conteúdo relevante e de valor.

E não é só isso, tem vários benefícios que vem junto, não vou entrar em todos, mas um beneficio que merece ser mencionado é a criação de autoridade no seu ramo de atuação.

Ter um blog com bastante conteúdo de valor, mostra que você entende do seu mercado e te coloca acima da sua concorrência, por mais forte que ela seja, se ela não tiver um blog vai ficar para trás.

Se tornar uma autoridade faz com que as pessoas, ao pensarem em resolver seus problemas, lembrem-se primeiramente de você, porque elas já conheceram seu blog, seu perfil nas redes sociais e através das suas publicações, elas te vêem como um valioso aliado na solução dos seus problemas.

Neste caso, quando elas precisarem do seu produto ou serviço, ou alguém que elas conhecem precisarem, o primeiro que vem à mente é o que vende, neste caso, você.

Então não despreze a criação de um blog.

7 – Anuncie no Facebook Ads

Você não precisa necessariamente gastar com anúncios no Facebook Ads, mas toda a estratégia em seu começo necessita de uma alavancagem de tráfego, e não conheço melhor forma do que investir em mídias pagas.

O Facebook Ads é uma excelente plataforma de anúncios, ele possui vários formatos e oferece várias ferramentas de mensuração para te ajudar com a análise dos seus resultados, assim fica mais fácil você saber qual o retorno que você está tendo sobre o seu investimento.

Anunciar no Facebook Ads é muito fácil, e você pode começar com apenas 5 reais por dia para testar uma campanha, e assim que ela estiver bem otimizada, o ideal é que você aumente o investimento, e à medida que isso vai acontecendo, as suas vendas vão aumentar na mesma proporção.

Concluindo…

Você viu que as estratégias para vender produtos online através das mídias sociais não são difíceis de colocar em prática, este é só o começo e quando você pegar a prática e organizar suas tarefas diárias para manter os seus perfis de rede social.

Você vai ver que o trabalho que dá nem se compara com o retorno obtido, porque agora você tem presença online e as pessoas sabem quem você é e o valor do seu produto.

É importante ressaltar que é imprescindível manter uma frequência coerente de atualização das suas redes sociais, de preferência com postagens diárias.

Agora você já sabe o que precisa para comerçar a vender produtos online com a ajuda das midias sociais.

Mas se ainda restou alguma duvida, deixe nos comentários.

- 13 Mapas de Funil de Vendas -

Digite seu e-mail abaixo para receber gratuitamente os 13 Mapas de Funil de Vendas na sua Caixa de Entrada.

Seu email está seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.